Este Website recorre ao uso de cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação. Se você continuar a navegar consideramos que você aceitar o seu uso. Mais informação

Aceitar

POPITAS

Revolucionando a categoria

Popitas é uma marca reconhecida de pipocas com uma trajetória com mais de 20 anos de experiência no setor, do qual é indiscutivelmente o líder.

Contudo, o consumo de pipocas em Espanha limitava-se a um único momento (o cinema) e a um público concreto (crianças e famílias).

Neste contexto, Borges desafiou-nos a desenvolver a marca Popitas com o objetivo de conseguir novos consumidores e reforçar a sua liderança nesta categoria.

Para isso, desenvolvemos uma estratégia que alinhasse a sua essência com os novos objetivos da marca, criámos uma arquitetura que refletisse a sua vontade de crescer e inovar no setor e redesenhámos totalmente a sua identidade visual.

Popitas faz pop!

A expressão visual da Popitas deveria ser atualizada no seu conjunto, de forma a que fosse menos infantil e estivesse alinhada com a nova estratégia da marca.

A solução passou por um logotipo composto por uma tipografia mais atual, mantendo as suas cores base. Mas isto não foi suficiente. A marca estava a evoluir e tínhamos de conseguir refletir isto no seu pack, o que nos levou a centrarmo-nos na sua mascote para comunicar esta mudança.

A Popita (o ícone característico da marca), que antes tinha uma atitude passiva, agora torna-se protagonista neste momento de expansão. Por outro lado, a nova morfologia da Popita permite-nos usar esta mascote de forma transversal e outorgar-lhe um papel muito ativo na construção da marca.

O projeto contemplou o redesenho de toda a gama de produtos da marca, que foram lançados ao longo de 2016.

Abrir-se a outros targets e momentos de consumo

A nova estratégia abre a marca a novos perfis e momentos de consumo, para que esta evolua através de outros mundos, para além do cinema e das crianças, de acordo com os objetivos definidos.

Ainda que sendo coerente com o seu passado, a marca agora é capaz de enfrentar os seus desafios futuros. Assim, mantém a inocência como essência, mas explora a capacidade inata que as pessoas têm para surpreender, sejamos crianças ou adultos e estejamos no cinema ou a fazer qualquer outra atividade.

Se gostou deste Case Study, consulte mais aqui