Naming, 3 conselhos para criar um bom nome

Criar um bom nome de marca que transmita os valores e a filosofia da nossa empresa e que seja capaz de gerar emoções e tendências de consumo é uma ciência e uma arte. Que conselhos seguem os peritos em naming para criar nomes de marca sedutores, únicos e rentáveis? Analisamos a questão no nosso artigo de hoje: naming como criar um bom nome de marca.

Naming, como criar um bom nome

Conselho 1, a originalidade

Em qualquer manual sobre naming — como criar um bom nome — descobrirá que a originalidade é a chave do sucesso, mas… Como podemos ser originais num mundo cheio de nomes? Levar a cabo um processo de naming criativo. Algumas ideias:

Faça um brainstorming aberto com os diferentes membros da sua empresa.

Um brainstorming é simplesmente uma chuva de ideias e é uma das técnicas mais antigas do marketing. E sim, também funciona no momento de levar a cabo um processo de naming de qualidade. O segredo é a livre participação dos diferentes profissionais da sua empresa, desde a contabilidade à equipa de vendas. Nunca se sabe quem terá aquela ideia feliz que transformará o seu nome no nome preferido do mercado.

Cuidado com os diminutivos.

Os nomes de marca terminados em “ito” ou “inho” funcionam bem desde que se esteja a elaborar o naming de bolachas, fraldas ou boiões de comida para bebés.

Atenção ao significado em outros idiomas

Se pretende que a sua marca se internacionalize com êxito noutros países, verifique se o nome original que escolheu não tem quaisquer conotações sexuais, racistas ou até jocosas noutros idiomas. Verificar o significado do nome da sua marca antes de investir um único euro na sua divulgação parece óbvio, mas garanto-lhe que muitas empresas internacionais já tropeçaram nesta pedra.

 

Conselho 2, concisão e clareza

Nike, 3M, Lego, Sega, Sonic, Pepsi, Coke… Será a concisão uma máxima para elaborar naming? Talvez sim! Efetivamente, algumas das marcas clássicas mais conhecidas formaram-se unindo três ou quatro letras.

De qualquer forma, se tem preferência por um nome longo, certifique-se de que o consumidor não terá problemas ao ler, compreender e escrever esse nome na sua lista de compras. Procure ainda utilizar uma tipografia clara, simples e, se possível, capaz de transmitir os valores intrínsecos da sua marca: beleza, felicidade, luxo, intimidade…

 

Conselho 3, o significado

Se der uma vista de olhos à história do naming verá que, tradicionalmente, os criativos têm escolhido nomes de marca evocativos, naming que conta histórias simplesmente unindo vogais e consoantes. Isso é possível? Claro que sim, recordemos Tosta Rica, Bollycao, Vueling, HolaLuz, Gas Natural…

O marketing digital conta com um aliado eficaz: o naming. A chave do sucesso? Deixar que sejam verdadeiros profissionais a aconselhar-nos e ajudar-nos a encontrar o nome perfeito para a nossa marca.

Comentários

Ainda não existe nenhum comentário neste post

Escreva comentário